O que fazer se você brigar com seu melhor amigo

O que fazer se você brigar com seu melhor amigo

DESABAFANDO + BRIGA COM MELHOR AMIGO - Dyulia Souza (Julho 2019).

Anonim

Uma briga sempre tem consequências negativas para ambas as partes. No entanto, brigas em qualquer relacionamento não podem ser evitadas. Se você não encontrar uma linguagem comum com seu melhor amigo, então chegou o momento em que você precisa avaliar adequadamente a situação e tentar restaurar relações amistosas. O destino nos dá os melhores amigos, então você não deve ser espalhado por essas pessoas.

O que fazer se você brigar com seu melhor amigo


A briga é a liberação máxima de emoções negativas. Naturalmente, é melhor não ser pessoal. Assim, você mostrará não apenas o nível de suas más maneiras, mas também ofenderá fortemente uma pessoa. As palavras não podem ser devolvidas, então tente manter-se nas mãos o máximo possível. Quando você já brigou com seu melhor amigo, tente amenizar as consequências. A reconciliação ocorre em vários estágios.

O estágio do calor emocional


Fundo emocional elevado depois de uma briga pode durar o suficiente. É principalmente associado a emoções negativas em relação a um amigo, auto-correção e a incapacidade de avaliar objetivamente a situação. Durante esse período, tente se acalmar e não tire conclusões apressadas. Em nenhum caso você deve chamar em agonia emocional e provar alguma coisa. Isso só irá agravar a situação e praticamente não haverá chance de reconciliação. Um amigo também pode ligar para você para descobrir o relacionamento. Nesse caso, não pegue o telefone. No estágio de tensão emocional, alguém deve ser mais sábio, e isso ajudará a corrigir a situação no futuro.

Fase de espera


Este é o estágio mais importante, pois o tempo coloca tudo em seu lugar e permite que você avalie sobriamente a situação. O período de tempo pode ser diferente. Alguém precisa de uma semana para se recuperar de uma discussão, e alguém que já está em um dia está pronto para a reconciliação. É importante entender as razões que levaram à discussão. Talvez um conflito entre você e um amigo esteja fermentando há muito tempo ou aconteceu inesperadamente para vocês dois. De uma forma ou de outra, lembre-se de todos os detalhes do que aconteceu e tire conclusões. Tente ficar na posição de seu amigo e entender por que ele queria transmitir a você. Modele a situação de conflito em sua cabeça, olhe para ela com uma mente fria. Essa abordagem contribui para uma busca racional de uma solução para o problema.

Estágio de reconciliação


Se o seu amigo ainda não tiver telefonado, então você deve dar o primeiro passo. Ligue e marque uma consulta. Fale com calma e sem emoção. Explique que vocês dois tiveram tempo para pensar e é importante manter relações amistosas. Quando a reunião acontecer, tente não falar muito. Discuta apenas os detalhes mais importantes e chegue a conclusões gerais. Pense no que precisa ser feito para tornar tais situações menos frequentes. Se você se comportar corretamente, a pessoa estará sintonizada em um diálogo construtivo que só fortalecerá sua amizade. É possível que um amigo não esteja pronto para falar e dizer honestamente sobre isso. Então você não deve exigir esclarecimentos sobre o relacionamento, isso pode levar a uma nova discussão. Deixe o tempo passar. Desista do seu próprio egoísmo e espere calmamente.
  • Psicologia
  • Neurose psicoterapia